PLANEJAMENTO E REESTRUTURAÇÃO DE UM SERVIÇO DE SAÚDE BUCAL DO TRABALHADOR – RELATO DE EXPERIÊNCIA COM ÊNFASE NA DOCUMENTAÇÃO ODONTOLÓGICA

Aline Macarevich

Resumo


INTRODUÇÃO: A Odontologia do Trabalho busca seu espaço dentro das empresas públicas e privadas. Pensando em melhorar a condição de vida do empregado e manter a produtividade da empresa, a Odontologia integra a equipe de Saúde Ocupacional das empresas, realizando ações preventivas e de educação em saúde, além dos exames admissionais e periódicos. OBJETIVO: O presente trabalho objetiva relatar a experiência do planejamento e reestruturação de um serviço de saúde bucal do trabalhador em uma empresa do setor elétrico brasileiro, com ênfase na documentação odontológica.  RELATO DE CASO: O serviço de saúde bucal foi planejado levando em conta as metas e objetivos da empresa, as condições epidemiológicas dos trabalhadores brasileiros, além das prioridades elencadas pelos empregados e pela equipe de saúde. Um novo prontuário foi desenvolvido e o rol de procedimentos realizados no serviço foi ampliado. CONCLUSÃO: Cabe ao cirurgião-dentista apresentar projeto de implementação ou de readequação do serviço, demonstrando a melhoria dos índices de saúde bucal e geral através da realização de ações odontológicas ocupacionais e preventivas. A presença do cirurgião-dentista do trabalho nas empresas é de grande valia, pois este profissional contribuirá com a redução do absenteísmo, a diminuição dos acidentes de trabalho relacionados a causas odontológicas e a promoção de saúde bucal para todos os trabalhadores


Palavras-chave


Odontologia do trabalho; Saúde do trabalhador; Assistência odontológica, Registros odontológicos

Texto completo:

PDF

Referências


Brasil. Câmara dos Deputados. Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio. Parecer favorável ao Projeto de Lei n.422, de 14 de março de 2007. Altera o art. 162, Seção III, e o art. 168, Seção V, do Capítulo V do Título II da Consolidação das Leis do Trabalho, relativo à segurança e medicina do trabalho e dá outras providências [em trâmite] Deputado Flaviando Melo, Relator Deputado Rodrigo de Castro. Disponível em: http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=442384&filename=PL+422/2007. Acesso em: 01 março de 2019.

Brasil. Conselho Federal de Odontologia. Resolução CFO 63/2005. Aprova a consolidação das normas para procedimentos nos conselhos de odontologia. [texto na internet] Diário Oficial da União, Brasília (DF), 2005 abr 19. Disponível em: http://cfo.org.br/website/wp-content/uploads/2019/01/Consolida%C3%A7%C3%A3o-das-Normas-1.pdf. Acesso em: 01 março de 2019.

Caetano JC, Watanabe AM. Noções básicas de Odontologia Ocupacional para profissionais da saúde do trabalhador. In: Vieira, SI. (org.) Medicina do Trabalho. Curitiba, Ed. Gênesis. 1994; 3: 169-90.

Buischi YP. Promoção de Saúde Bucal na Clínica Odontológica. São Paulo. Artes Médicas; 2000.

Petersen PE. Dental health among workers at a Danish chocolate factory. Community Dent Oral Epidemiol 1983; 11: 337-41. https://doi.org/10.1111/j.1600-0528.1983.tb01388.x.

Lido YJVL, Queluz DP. Análise da assistência odontológica prestada por empresas da região metropolitana de Campinas. Odonto, 2010; 18(35): 6-10.

Pinto VG. Saúde Bucal Coletiva. 6 ed. São Paulo: Editora Santos; 2013.

Medeiros UV Abreu CMW. Protocolo de promoção de saúde bucal em empresas. Rev Bras Odontol. 2006; 63: 29-32.

Medeiros UV, Santos Jr EM. Possibilidade de implantação de protocolo para programa odontológico em empresas. Rev Bras Pesq Saude 2012; 14(3): 50-7.

Brasil. Ministério do Trabalho e Emprego. Norma Regulamentadora no.4. NR 4- Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho. Publicada pela Portaria n.º 3.214, de 08 de junho de 1978, que aprova as normas regulamentadoras. Brasília, 1978. Disponível em http://trabalho.gov.br/images/Documentos/SST/NR/NR4.pdf.

Brasil. Ministério do Trabalho e Emprego. Norma Regulamentadora no. 7. NR 7 - Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional. Publicada pela Portaria n.º 3.214, de 08 de junho de 1978, que aprova as normas regulamentadoras. Brasília, 1978. Disponível em https://enit.trabalho.gov.br/portal/images/Arquivos_SST/SST_NR/NR-07.pdf.

Almeida CAP, Zimmermann RD, Cerveira JGV, Julivaldo FSN. Prontuário Odontológico – Uma orientação para o cumprimento da exigência contida no inciso VIII do art. 5° do Código de Ética Odontológica.” Relatório final apresentado ao Conselho Federal de Odontologia pela Comissão Especial instituída pela Portaria CFO-SEC-26, de 24 de julho de 2002. Rio de Janeiro. 2004.

Brasil. Conselho Federal de Odontologia. Resolução n. 118, de 11 de maio de 2012. Revoga o Código de Ética Odontológica aprovado pela Resolução CFO-42/2003 e aprova outro em substituição. Rio de Janeiro. Disponível em http://cfo.org.br/wp-content/uploads/2009/09/codigo_etica.pdf.

Brasil, Ministério da Saúde. Projeto SB Brasil 2010: Condições de Saúde Bucal da População Brasileira – Resultados Principais. Brasília, 2011.

Pinto VG, Lima MOP. Estudo Epidemiológico de Saúde Bucal em Trabalhadores da Indústria Brasil 2002-2003. Brasília: SESI/DN, 2006. 236 p.

Fernandes MM, Oliveira MR, Oliveira RBCM, Castro TL, Paranhos LR, Daruge Jr E et al. Admission dental examination: protocol and its importance in the diagnosis of oral pathology. Braz J Oral Sci. 2013;12(1): 46-51. http://dx.doi.org/10.1590/S1677-32252013000100010.

Tannous RA, Silva UA. Revisão de literatura: Odontologia do Trabalho: aplicabilidade e importância na saúde do trabalhador. UFES Rev Odontol. 2007, 3(9): 43-8.

Midorikawa ET. A Odontologia em Saúde do Trabalhador como uma nova especialidade profissional: definição do campo de atuação e funções do cirurgião-dentista na equipe de saúde do trabalhador [dissertação]. São Paulo: Faculda¬de de Odontologia da Universidade de São Paulo; 2000 apud Peres SHC, Peres AS, Oliveira FT, Adachi A, Silva AL, Morandini ACF et al. Absenteísmo: uma revisão de literatura sobre a ausência ao trabalho relacionada à odontologia. Rev Odont Araçatuba. 2006, 27(2): 96-100.

Miotto MHMB, Silotti JCB, Barcellos LA. Dor dentária como motivo de absenteísmo em uma população de trabalhadores. Cienc Saude Colet. 2012, 17(5): 1357-63. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012000500029.

Costa Filho LC, Duncan BB, Polanczuk CA, Soria ML, Habekost AP, Costa CC. Análise do impacto econômico-assistencial de duas abordagens para redução de custos em um plano odontológico de autogestão. Cad saúde pública. 2008 mai; 24(5): 1071-81.




DOI: http://dx.doi.org/10.21117/rbol.v6i2.250

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 RBOL- Revista Brasileira de Odontologia Legal