ADVANCES IN FACE DETECTION AND FACIAL IMAGE ANALYSIS

Rosane Pérez Baldasso, Mário Marques Fernandes

Resumo


A revisão conduziu o texto mostrando que a detecção e confronto automatizado de imagens visando o reconhecimento facial vem se tornando um amplo campo de pesquisa a nível mundial, incluindo o Brasil como veremos adiante. Uma série de rotinas computacionais estão surgindo a cada ano visando melhorar a precisão da detecção facial, aumentando, assim, a diversidade de aplicações de análise da face humana. Novas direções de pesquisa incluem, também, o reconhecimento da dinâmica facial, sustentado pela análise de comportamento. A presente obra se divide em cinco partes principais: detecção de face e ajuste de iluminação; reconhecimento de expressão facial; reconhecimento Facial propriamente dito; análise facial propriamente dita; dificuldade de marcação dos pontos dos olhos e reconhecimento de direção do olhar. Finalizando, cumpre esclarecer aos interessados no assunto que essa importante obra apresenta o contexto histórico e atual do Reconhecimento Facial, com perspectivas de desenvolvimento futuro.


Texto completo:

PDF

Referências


Burton, A. M., Jenkins, R., & Schweinberger, S. R. (2011). Mental representations of familiar faces. British Journal of Psychology, 102(4), 943–958.

Burton, A. M., Bruce, V., & Hancock, P. J. B. (1999). From pixels to people: A model of familiar face recognition. Cognitive Science, 23(1), 1–31.

Wilkinson C, Rynn C. Craniofacial identification. Cambridge: Cambridge University Press; 2012.

Albert AM, Ricanek K, Patterson E. A review of the literature on the aging adult skull and face: Implications for forensic science research and applications. Forensic Sci Int. 2007;172(1):1-9.

Machado CEP, Flores MRP, Lima LNC, Tinoco RLR, Franco A, Bezerra ACB, et al. (2017) A new approach for the analysis of facial growth and age estimation: Iris ratio. PLoS ONE 12(7): e0180330. https://doi.org/10.1371/journal. pone.0180330

Taylor KT. Forensic art and illustration. Boca Raton: CRC Press; 2000.

Edital nº 25/2014 CAPES disponível no endereço eletrônico http://www.capes.gov.br/bolsas/programas-especiais/programa-ciencia-forenses-pro-forenses




DOI: http://dx.doi.org/10.21117/rbol.v5i1.181

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 RBOL- Revista Brasileira de Odontologia Legal